Férias com o Maridão!

Ok!!! Então já que é pra voltar, que seja de forma organizada, né?  Esse blog já foi aberto há anos, quando eu ainda tinha pretensões de fazer mochilão. hahaha Ou seja, quando ainda me sentia uma menininha de trinta e poucos anos, solteira e cheia de energia para circular por ai. Depois, coloquei os planos de viagem de lado, comecei a organizar mais o futuro e me deixei cair nas graças das viagens mais confortáveis. Enquanto, eu trabalhava e também viajava, fosse para destinos distantes ou mais próximos, minhas prioridades também mudaram. Casei! E isso também contribuiu para essas mudanças. Agora as viagens não são minhas, mas nossas e isso requer uma forma diferente de planejamento. Então agora, essa vai ser uma experiência diferente. Planejar para uma viagem a dois. Love it!!!!

Planejando a viagem
Planejando a viagem

Agora chegou a hora de tirar a poeira desse blog que ficou tanto tempo esquecido.

Aqui ficará registrado todo o processo de planejamento de nossas férias. Ainda, não temos nada definido. Sabemos, por enquanto que queremos ir esquiar. A questão agora é decidir se vamos para o Canadá, aonde estão as montanhas preferidas do maridão, ou se iremos para algumas das montanhas dos EUA, e de preferência as que ainda não conhecemos. Sabemos portanto, que queremos viver a experiência completa, o que significa encontrar a montanha com as condições de esqui perfeitas, o hotel ou resort com as amenidades ideais, bem como boas opções gastronômicas.

Por enquanto, vou começar a fazer umas pesquisas sobre os resorts, porque acredito que esse será um divisor de águas no momento de decidir para onde vamos. Sabemos que vamos em Fevereiro de 2015. Então durante os próximos meses, estarei vindo aqui para dividir as novidades e os achados cibernéticos dessa aventura.

Xoxo

Kapalua Wine & Food Festival – Um evento dar água na boca.

Muita coisa acontecendo durante o mês de Junho em Maui. No período de 7 a 9 de Junho ocorre o Festival de Gastronomia de Kapalua. Os mais renomados Chefes de cozinha estarão participando com suas deliciosas criaçōes acompanhadas de vinhos maravilhosos!

Estou ansiosa para ver as maravilhas culinárias. Mas logo eu volto para contar como foi.

Imagem
Foto: Retirada do site Kapalua Food & Wine Festival Website

Projeto “Diving around Maui”

Imagem

Creio que não preciso dizer que o Havaí é um dos melhores lugares do mundo para mergulho. Morar em Maui me permite usufruir das belezas naturais e explorar tudo o que me for possível. Assim sendo, resolvi dividir aqui as minhas descobertas e aventuras de mergulho. Quero também lembrar que em momento algum tenho ou terei a pretenção de escrever posts técnicos sobre a atividade de mergulho. O que vocês verão aqui é nada mais, nada menos do que uma descrição informal e despretenciosa daquilo que eu for vivenciando ao longo da minha jornada. Afinal, esse é um blog pessoal, feito inicialmente para família, amigos próximos e distantes e que está de portas abertas para receber novos amigos.

Meu marido e eu saímos para mergulhar todos os finais de semana. Domingo passado, encontrei um livro com a descrição e indicação de diversos lugares ao longo da ilha para a prática de mergulho, para a alegria de mergulhadores  iniciantes, intermediários e avançados. Nossa idéia agora é sair por aí e explorar cada um desses pontos  e isso me motivou a partilhar essa experiência aqui no blog. As fotos que aqui verão não são profissionais, embora o maridão seja fotógrafo. Usamos uma máquina pequena, apenas para registrarmos nossos momentos e descobertas, por isso a qualidade é limitada. Mesmo não sendo uma especialista no assunto, ficarei feliz em esclarecer qualquer dúvidas. O que eu não souber, pesquisarei e juntos aprenderemos sobre o assunto.

Imagem

Em Maui, há inúmeros pontos para scuba diving. Makena é um lugar de fácil acesso, que não requer barco e perfeito para iniciantes. Nessa época do ano (Junho e Julho) há fortes correntes, o que às vezes dificulta. Em geral a visibilidade é perfeita, com presença garantida das famosas tartarugas marinhas, que diga-se de passagem, são protegidas pro lei. Lembre-se que o mar é  território delas e por mais que seja tentador, em hipótese alguma pense em tocá-las. Isso pode lhe garantir uma multa de 10 mil dollares. Deixe-as nadar livremente e evite perseguí-las. É uma sensação maravilhosa poder nadar ao lado dessas criaturas lindas. Um dos pontos fortes de Makena Landing são as cavernas submarinas. Há pequenos tubarões (inofensivos), corais maravilhosos, tartarugas e claro uma diversidade de peixes de encantar os olhos.

Sei que nem todos que visitam o Hawaii, vêm com o intúito de mergulhar, mas aos que vêm, espero que possam aproveitar ao máximo as possibilidades. Em breve voltarei com mais novidades.

Aloha,

Sandra

Bom Dia!!!!

Voltando com a carga total.

Tartaruga Marinha
Uma das tartarugas marinhas em Maui. Foto – Sandra Mara

Ando cheia de projetos pessoais e profissionais  e minha vontade é de poder esticar os dias  e fazê-los ter 48 horas ao invés de 24.

Acabo de encontrar um novo roteiro para mergulho em Maui, fora da rota turística e mal posso esperar para experimentá-los. Tentarei postar algo cada vez que voltar de um mergulho.

Era só isso que queria dizer, por enquanto…

Boa Semana a todos.

Sandra Mara

New York, New York…

Ainda lembro a primeira vez que meus olhos se encantaram com Nova York. Não a Nova York do Glamour, das celebridades, dos acontecimentos, das pessoas cheias de atitude, mas Nova York dos amigos, das alegrias, do imprevisível, do momentâneo, dos sabores e dos mistérios.

Não sabia se começava esse post pela primeira ou pela última vez em que estive por lá. Infelizmente minhas últimas viagens à NY têm sido marcadas por despedidas. Sempre que alguém decidia partir, a última viagem tinha que ser pra lá, talvez por isso, para mim, NY hoje tem cheiro de saudade.

Times Square
Times Square

 Caminhar na Times Square, a qualquer hora do dia ou da noite, é sempre um show à parte. Sim, tem empurra-empurra, tem gente disputando cada centímetro para tirar a foto do mesmo visual que vc tb elegeu para fotografar, tem camelôs, tem lojas…muuuuuuitas lojas vendendo tudo com o nome da cidade. Tem gente pop, tem gente brega, tem gente pirada, tem gente curiosa, tem gente que não tá nem aí, tem gente que vem, tem gente que vai…tem gente que quer ficar, tem gente que não quer mais voltar…tem gente…muita gente.

Times Square - NYC
Times Square – NYC
Nasdq - Times Square - NYC
Nasdq – Times Square – NYC

 Eu, confesso que não me importo com essa loucura urbana. Até gosto, para ser bem franca. O que eu não gosto é do apelo consumista, mas convenhamos…estamos em Nova York. E naquele pedacinho de Manhattan é isso mesmo que veremos.

Numa das minhas últimas idas à NY, ficamos num hotel na Avenida das Nações Unidas, Beekman Tower hotel. Embora, fosse confortável, ficava distante da Times Square e demais atrações turísticas, consideradas obrigatórias seja para os viajantes de primeira vez ou para os que estão se despedindo da cidade. Mas tudo bem, pegamos um desconto maravilhoso terminamos pagando tarifa de 2 estrelas por uma qualidade de cinco, num hotel considerado de três. Saímos no lucro do conforto e do bom atendimento, o que pra mim é fundamental. Do quarto, podíamos ver as cores da torre do Empire State Building, que naquele final de semana, homenageava a Polônia, trazendo as cores de sua Bandeira (vermelha e branca). Não sei se isso é de conhecimento geral da nação, mas de qualquer forma, vou registrar aqui. O sistema de cores utilizado na torre que ilumina o topo do Empire State acompanha um calendário específico, assim no Natal vc verás as cores verde e vermelha, na semana da independência americana, as cores branca, azul e vermelha, que representam as cores dos EUA e até na semana comemorativa da independência brasileira, poderemos ver as cores verde e amarela no topo do prédio.

Empire State visto do quarto do hotel

Acordando em NY…

Programa básico pela manhã… uma caminhada pelo Central Park, não antes de uma parada para um café da manhã, em um dos inúmeros cafés espalhados pela cidade.

Central Park - NYC
Central Park – NYC

É…e tem gente que continua dormindo, enquanto a cidade se agita para mais um dia. Cena muito comum nas primeiras horas da manhã no Central Park.

Central Park - NYC
Central Park – NYC

Só mais um pouquinho…

Central Park - NYC
Central Park – NYC

A natureza sempre me dá paz…

Miss Polônia na 5 AVE - NYC
Miss Polônia na 5 AVE – NYC

Era a primeira semana de outubro e a comunidade polonesa se encontrava na 5 Ave. Acima, podemos ver a Miss Polônia desfilando em carro aberto. Ainda não sei o que comemoravam naquele dia.

Arte na 5 AVE - NYC
Arte na 5 AVE – NYC

Tudo o que sei é que nossos olhos foram presenteados por um espetáculo de dança de salão ao vivo, em plena 5 Ave, durante aquele início de outono em NY. Nada a reclamar.

Mais uma vez…seguimos rumo ao Empire State…como sempre, lotado.

Interior do Empire State Building
Interior do Empire State Building

Eu sei, parece programa de indío, mas minha amiga estava se despedindo da cidade…então, vamos dá um desconto. Ah, todo mundo sabe que os ingressos para o terraço nos levam até o 86th andar, mas agora podemos fazer um upgrade para subir até o andar 102. Mas o que tem o andar 102 de tão especial? NADA! Absolutamente nada. A gente sobe um pouco mais, fica enclausurado numa espécie de cúpula minúscula e com a visão limitada por uma janelinha tão grande quanto a escotilha de um navio e só. Sentiu o drama? Na minha opinião, uma verdadeira roubada. Há quem discorde, mas eu não pagaria para fazer esse upgrade novamente.

Continuo com minha vista do andar 86 e não troco por nada…

NY vista do Empire State
NY vista do Empire State

 A galera disputando espaço para ver NY do ponto mais alto da cidade.

No topo do Empire State
No topo do Empire State

 Nosso hotel ficava de frente para o prédio da ONU, aonde também há o museu da ONU. Claro que resolvemos dar o ar da graça por lá também.

Na sede da ONU
Na sede da ONU
Monumento pela Paz - ONU - NYC
Monumento pela Paz – ONU – NYC

As obras de arte são de perder o fôlego. Abaixo um dos mosaicos de vidro representando as crianças de todo o mundo.

Mosaico de cristal- sede da ONU - NYC
Mosaico de cristal- sede da ONU – NYC

 E é claro, uma vez em NY, vale à pena dá uma passadinha no Madame Tussaud’s, o museu de cera. E para quem não quer perder as atrações e passeios que podem ser feitos durante o dia, vá ao Museu à noite e compre sua entrada por volta de 8 horas da noite e receberá um generoso desconto. Essa dica vale principalmente para visitantes de segunda vez ou para quem sabe que não passará tanto tempo vendo os detalhes lá dentro. Você terá a oportunidade de ver de tudo um pouco, por um precinho camarada e ainda poder curtir a noite de NY. Vai por mim… vale a pena.

Museum de Cera de NY
Museu de Cera de NY

Para entender o Havaí

 

 

havaiana
havaiana

Para entender o Havaí, tem que sentir, se permitir abrir os braços e se deixar ser beijado suavemente pela brisa do mar. Tem que perder o receio, o medo ou pelo menos perder o medo de se perder na magia do lugar. Para entender o Havaí, é preciso sentir, é preciso querer, é preciso viver o havaí. Não falo de viver no lugar, mas de viver a atmosfera, respirar a alegria e sorrir, sorrir para cada olhar que cruzar o seu, porque é isso mesmo que vc vai encontrar na rua. Olhares que ao se encontrarem, sorriem e esperam ser correspondido. É preciso se despir daquela arrogância travestida de urbanidade e se vestir de harmonia e de paz interior, agradecendo a magnitude do banquete de beleza que a mãe natureza preparou e ofertou aos nosso olhos, materializado na simplicidade e na pureza do lugar. Entender que o que há de mais belo é exatamente o que há de mais simples. E, acima de tudo, entender que é na simplicidade que mora a maravilha da criação.

 

Andando pelo Hawaii,  você vai ver…

 

Turistas.

Muitos turistas, vindos de todos os cantos do mundo. Falando todos os idiomas. Irá reconhecê-los de imediato, primeiro pelas câmeras fotográficas, segundo pelo bronzeado apimentado de quem estava há muito desejando sentir o sol no corpo. Ah, e não pode faltar o figurino. Camisa florida de todas as cores para os homens e aqueles vestidinhos também floridos para as mulheres. Todos querem entrar no clima em grande estilo. Mas, principalmente, vai perceber o encanto no olhar de cada passante, um olhar de fascínio, de nostalgia, de felicidade.

 

Surfistas.

Muitos surfistas, sempre esperando a onda perfeita. E vai entender porque os serviços de metereologia, além da previsão do tempo ( temperatura), mostra também a previsão das ondas ( tamanho e intensidade) e do vento.

 

Hippies

Aquela galera que não desistiu do sonho. Que ainda acredita na sociedade alternativa, e que nem se lembra do amanhã.

 

Gente feliz!!!

Muitos rostos felizes. Aqueles que acabaram de se libertar das prisões do dia-a-dia e se permitiram sonhar no paraíso.

Aos poucos irei trazendo curiosidades a respeito da cultura local e da história desse lugar, que em si, já inspira magia e sedução. Esses dois meses de adaptação têm sido fundamentais na definição de novos rumos na minha vida. Conhecer e compreender historicamente uma nova cultura e seu povo nos abre a mente e nos faz perceber que o mundo é muito mais que uma composição geográfica.

Aloha!!!

P’ra Começar…

 

 

 

 

 “…quem vai colar os tais caquinhos, do velho mundo…quem vai?” (Marina Lima)

 

 A última vez que contei meus perfumes… eles formavam uma linda, feliz e cheirosa  comunidade de 42 frascos que habitavam os espaços outrora vazios do meu armário. Isso sem contar os sem teto, pretendentes a acupantes das futuras vagas disponíveis assim que um dos habitantes mais velhos se esvaziasse. Falo daquelas miniaturas, dos protótipos que as vendendoras nos dão como estratégia da arte de vender aquilo que ainda nem chegou no mercado, mais que já vem batizado de sucesso garantido. Acho que se meu armário fosse hotel, seria considerado de alta rotatividade, dado as constantes mudanças na sua população. Pois bem, uma amiga, horrorizada com meu exgero, disse assim, na lata…sem pena e sem dó…que eu era uma mulher totalmente volúvel e sem personalidade. Que cheiro é que nem casamento…a gente tem que ser fiel até o fim dos dias… e que uma mulher deve ser lembrada pelo cheiro…que o cheiro traz lembranças de momentos que ficarão eternizados em nossos corações…essas coisas. Quase, mas quase que ela conseguiu me fazer sentir uma pontinha assim, bem pequenininha de culpa pela tal infidelidade. Mas a coisa não funcionou…continuo volúvel às paixões e sempre cheirosa. Cè la Vie!!! Ela se foi e eu fiquei sozinha com uns caquinhos de pensamentos espalhados pelo ar. Seguindo as conclusões de algum filósofo importante, que não me lembro agora quem era, mas que fez questão de dedicar sua vida à importante tarefa de provar que quem inventou o trabalho era um desocupado e cansado  daquela vida chata de liberdade absoluta, resolveu disseminar a idéia entre os outros felizes desocupados…e pronto…o estrago foi feito. Agora pergunta se ele viveu tempo suficiente pra ver o que aconteceu depois!!!! Ok!!! E assim como o trabalho nascera do ócio, meus pensamentos nasceram do espaço por ele deixado. Esse blog portanto, nasceu assim… do nada. Não do nada de não fazer nada, que isso fique bem claro. Tá pensando o quê? trabalho e muito. O que quero dizer, é que ele nasceu do nada deixado pelo vazio real, pela mente super populada de incertezas, mas igualmente super populada de esperanças. Pensando nisso, resolvi fazer renascer das cinzas todos os meus antigos projetos de sonhos ou sonhos projetados, sei lá… e reuní-los num mesmo lugar. Assim como todos os meus amores e paixões: música, poesia, um bom dedo de prosa, um bom café, uma boa leitura, uma boa dica, uma boa viagem… lindas imagens, boas lembranças dos momentos vividos…enfim, uma boa vida!!! Aí pensei… mas não é que cabe tudinho aqui!!! Vou chamar a galera!!!

 

“… sonho meu…vai buscar quem mora longe…sonho meu…”

 

 E não é que veio todo mundo. Sonhos adormecidos, esperanças renovadas, alegria descompassada, expectativas… tá todo mundo aqui. Também vieram todas aquelas personalidades que fazem de cada um de nós um ser, único, singular e universal. A amante das artes, dos cheiros, dos lugares… Talvez essa minha vulnerabilidade ao efêmero, ao inusitado, ao prazer imediato, à alegria, ao sonho… faça de mim esse ser incapaz de amar pedaços… Meu amor segue uma dieta “engordiet”. Talvez por isso mesmo, não consigo ficar quieta num pedaço de chão. Quero voar sempre. Quero experimentar dos pedaços, dos gostos e dos cheiros do mundo e da vida que gira ao seu redor. Não. Não consigo andar de mãos dadas com a costa brasileira, sem dar uma picadinha, assim de rabo de olho, para o charme da Nova Inglaterra, ou fazer um charminho para o oceano pacífico. Minha querida amiga tem toda razão. Sou definitivamente uma mulher sem personalidade. Infiel, volúvel e movida à paixões. Sou adoravelmente infiel e dou asas a todas as mulheres, meninas e moças que me habitam para que se permitam serem seduzidas pela beleza e magia desse mundo.

 

“(…) voa coração… E não esqueça de trazer força e magia…o sonho, a fantasia… e alegria de viver (…)”

 

Alguém aceita um cafezinho? Sinta-se à vontade e embarque nessa viagem junto comigo.