Guia para as estações de esqui de Utah. 

Utah_Ski_Guide

Eu ainda nem havia concluído os posts sobre as nossas férias no Canadá, quando o Amado me surpreendeu um uma viagem para irmos esquiar em Utah.

Chegando em SLC
Chegando em SLC

Assim, comecei a escrever esse post ainda no vôo da Delta Airlines, enquanto sobrevoávamos o oceano pacífico num dia lindo de quase primavera, o que em si só, já é motivo para celebrar para a maioria das pessoas que enfrentam invernos mais rigorosos ano, após ano. Esse já foi meu caso, por muitos anos, enquanto morava em Boston. Mas após alguns anos morando em Maui, uma ilha havaiana paradisíaca que povoa os sonhos de muita gente por ai, de repente me bateu aquela saudade de curtir o clima da montanha. Acho que o mesmo vírus de saudade do inverno que me atingiu, também pegou meu marido, acrescido ao fato de ele não ter esquiado na nossa última viagem à Whistler, por conta de um inchaço no pé. Ele nem sequer quis esperar pela a próxima temporada e resolveu marcar uma segunda viagem de 4 dias para, finalmente esquiarmos juntos.

Fizemos a nossa malinha e seguimos para Salt Lake City para curtirmos um final de semana prolongado que também coincidia com o nosso aniversário de casamento. E eu que sou a rainha de pesquisar tudo sobre os lugares que vamos, antes de chegarmos ao destino, tive que partir meio que no escuro, pois não sabia o que esperar de Salt Lake City e menos ainda, dos seus resorts maravilhosos de esqui. Eu sabia que as estações mais badaladas (Canyons, Park City e Deer Valley) estavam em Park City e também sabia que SLC havia sido a cidade sede das Olympiadas de Inverno de 2002. É isso já me deixou super empolgada para ir.

Essa foi uma viagem relâmpago para os nossos padrões, ou seja, um final de semana prolongado, uma vez que saímos de Maui Quinta-feira à noite, e voltaríamos na segunda à tarde. Assim, ficamos em SLC de sexta à segunda. Por ser final de semana, o amado resolveu comprar os passes para esquiar online, antes mesmo de viajarmos o que não foi necessariamente uma boa idéia, uma vez que sofri um acidente no sábado ao descer um dos “blue runs” o que me impossibilitou de esquiar no dia seguinte, mas os passes já haviam sido pagos. Ou seja, nem sempre planejar tudo em detalhes vale à pena. Lição para a próxima vez.

Assim sendo, resolvemos aproveitar o nosso dia de folga da montanha para conhecer um pouco mais dos resorts e nos inspirarmos para retornar num futuro próximo. Esse post, tem mais o objetivo de oferecer uma visão geral do que as estações de esqui tem à oferecer aos que procuram adrenalina , bem como aos que procuram sossego ou que por um motivo qualquer (no meu caso fisicamente impossibilitada de esquiar) não vão fazer nenhuma atividade específica mas querem aproveitar um pouco uma viagem de inverno.

Park City Main ST
Park City Main ST

Park City

Localizada há pouco mais de 35 minutos de Salt Lake City, essa charmosa cidade abriga nada mais, nada menos que três dos maiores resorts de esqui de Utah, Park City Mountain Resort, Canyons e Deer Valley Resort. Lá, você encontra neve de primeira qualidade para os amantes do esqui e do snowboard e uma infra-estrutura hoteleira e gastronômica de excelente padrão, além de  lojinhas e boutiques para atender a todos os gostos. Park City, ganhou status internacional em 2002, ao sediar algumas competições das Olympiadas de Inverno e de lá pra cá tem investido cada vez mais em oferecer uma infra-estrutura que atenda a crescente demanda dos seus visitantes, sem perder o charme da vida montanhosa.

Pay Day Gôndola - PCMR
Pay Day Gôndola – PCMR
Town Lift - Park City
Town Lift  Park  City

As Principais Estações de Esqui de Utah

Snowbird, UT

Só vou oferecer uma visão geral, como um guia prático para conhecer as principais estações, se esse for o seu objetivo e mais adiante, farei um post específico sobre as montanhas para os amantes dos esportes de neve.

Imersas no coração das Montanhas Wasatch, essas sete estações estão entre 25 e 45 minutos de Salt Lake City, e há aproximadamente uma hora do aeroporto de SLC. Perfeito para viagens de curta temporada ou escapadinhas de fim de semana. SLC possui uma rede hoteleira de qualidade para atender a todos os orçamentos. Para quem ficar hospedado em SLC, é só acordar, pegar o carro ou o transfer dos hoteis e seguir rumo à montanha de sua preferência. Eu ainda não tive a oportunidade de visitar todas as montanhas, porque nas duas últimas viagens que fizemos, optamos por esquiar em Snowbird, que fica na área de Cottonwood, lado oposto de Park City e curtiamos a badalaçao em Park City. E a razão pela qual estou escrevendo esse post é para que vocês saibam qual resort ou montanha melhor atende às suas expectativas, seja em relação às atividades de neve ou à infra-estrutura de resort que você deseja.

Park City Mountain Resort – PCMR e Canyons Resort – One Park City

Park City Mountain Resort

Canyons já era considerado o resort com maior opção de terreno para todos os níveis de esquiadores e snowboarders. Vail Resorts, que já administrava Canyons, comprou Park City, montanha vizinha e a partir da temporada de 2016, o complexo passa a se chamar One Park City e tornando-se assim o maior resort de esqui dos EUA e isso significa para a alegria geral da nação, que poderemos esquiar as duas montanhas com um mesmo passe. O Vail Resorts está investindo mais de 50 milhões de dóllares nas renovações que possibilitarão a ligação das duas montanhas. através de gôndolas com capacidade para mais passageiros, bem como construção de mais um restaurante no topo da montanha e muito mais.

Deixo aqui um vídeo oficial que apresenta as mudanças que estão ocorrendo durante o verão e que estarão prontas já para a próxima temporada. E eu aqui já estou contando os dias para voltar lá e aproveitar a temporada bem como todas as amenidades do resort e a vibe da vida na montanha. Ah, Park City, sua linda, me espere que já eu chego por aí.

Deer Valley

Deer Valley

Deer Valley Ski Resort
Deer Valley Ski Resort

Queridíssimo das celebridades e de quem aprecia e pode pagar pelo que há de melhor em termos de atendimento, Deer Valley é luxo só. Tudo é pensado em torno de oferecer conforto e comodidade aos seus visitantes. Hoteis super estrelados, gastronomia de primeira, serviçco de valet para carregar os seus esquis e até profissionais treinados exclusivamente para lhe ajudar a colocar suas botas já aquecidas nos seus pés (Já estou me sentindo a Cinderela dos esquis. hahaha). Esse resort é tão exclusivo, que até limita o número de passes a serem vendidos diariamente, para evitar super lotação. DV é também o único resort de esqui a mater a posição número 1 de melhor Resort dos EUA (2007-2011) por cinco anos consecutivos. Só perdeu a coroa devido às mudanças climáticas dos últimos anos que afetaram a quantidade de neve na montanha e consequentemente, a necessidade de fechar algumas pistas ou encerrar a temporada mais cedo.  Também dispõe de uma das melhores escolas de aprendizagem de esqui para crianças. Falando em exclusividade, o DV é um resort exclusivamente dedicado à esquiadores. A atividade de snowboard não é permitida em DV. E, embora seja uma decisão controversa, muitas vezes esse se torna um fator decisivo na hora da escolha de qual resort você deve ir. Fique atento, porque DV não é o único resort a não aceitar snowboarders na suas pistas.

Para conhecer um pouco do Deer Valley.

Solitude/Brighton

Solitude Ski Resort

Brighton Ski Resort

Solitude e Brighton, são resorts menores, com qualidade de neve perfeita e entre os preferidos dos residentes de Utah. É como uma jóia rara que os locais preferem deixar no anonimato. Raramente, você encontrará filas grandes para os teleférios e certamente, você encontrará aquela neve fofíssima, típica de capa de revista! Brighton é o resort mais antigo de Utah e por isso mesmo, é comum que várias gerações de familias se encontrem por lá durante as temporadas de esqui. Tem aquela vibe de casa dos avós, aonde tem sempre alegria e um ar mais intimista. Solitude, tem uma villa bem estilo europeu, com todas as amenidades e conforto necessários com acomodações estilo ski-in – ski-out. Saiu do hotel, colocou o esqui no pé, segue para a gôndola e vá aproveitar o dia. Outra coisa bacana também, é que esses dois resorts são conectados e há passes  que permitem você esquiar em ambos. Mas isso é assunto para outro post.

Para conhecer um pouquinho da Solitude Village, clique no vídeo abaixo.

Para ficar com água na boca e vontade de esquiar clica nesse outro aqui

Alta/Snowbird

Alta Ski Area

Snowbird

Snowbird
Snowbird

Alta e Snowbird estão também entre os queridinhos da galera que ama boa neve e mais tempo na montanha, o que pode ser traduzido na ausência de filas e aglomerações, especialmente nos finais de semanas e feriados. Meu marido sempre esquiou em Snowbird e decidiu que seria legal se fôssemos esquiar juntos por lá (lembrem que foi uma viagem planejada por ele?). O que eu não sabia era que esse resort era também o preferido da galera que quer adrenalina pura! Mesmo as inclinações das pistas iniciantes e intermediárias são mais ingremes que a maioria dos outros. Caso você ainda esteja iniciando nos esquis, fique nas trilhas verdinhas. Vai por mim. Agora, se você ja arrebenta nas pistas, vale à pena esquiar por lá, pelo menos uma vez. Snowbird e Alta são dois resorts distintos também conectados por um túnel no topo das montanhas. Se o seu esporte é esqui, você poderá adquirir um passe para usufruir as duas montanhas. Agora se o seu esporte é snowboarding, você está restrito à Snowbird. Alta, assim como Deer Valley, não permite snowboarders na sua montanha.

Eu já estou contando os dias para voltar. Enquanto o dia não chega, irei dividindo as memoórias por aqui.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s